Categorias Ver Todas >

Audiolivros Ver Todos >

E-books Ver Todos >

Fratura exposta do Direito

Fratura exposta do Direito

Sinopse

A ideia de escrever este livro surgiu da necessidade que tive de acompanhar o meu processo judicial e das lições que aprendi apanhando. Como já dizia um tio emprestado, do alto da sua singela sabedoria, "quem ganha um processo judicial não é o advogado, e sim, o autor".
Resolvi escrever este livro na certeza de que ele será muito útil aos atuais e futuros jurisdicionados, em sua grande maioria, desavisados de tudo que envolve um processo. Posso assegurar que não se trata de uma tarefa fácil, longe disso: o processo judicial é um drama tão grande, senão maior do que o infortúnio que leva uma vítima a recorrer ao poder judiciário.
 Vou ficar torcendo para que os meus leitores não necessitem fazer uso das informações aqui contidas, mesmo porque já percebemos uma evolução no poder judiciário, embora ainda esteja muito longe de atingir um modelo que considero ser o ideal. Além do mais, são experiências interessantes, e mesmo que não haja a necessidade de fazer uso das informações aqui contidas, valerá muito a pena conhecê-las. Com certeza, a cultura arraigada em nosso judiciário perdurará por algum tempo - espero que seja o mínimo.
 Mesmo não tendo a pretensão de esgotar o conteúdo em discussão, até porque não tenho o devido e necessário embasamento, já que não sou profissional em direito, o conteúdo deste livro ajudará os leitores a se posicionarem diante de muitas situações que envolvem o processo, o réu, seu advogado, as autoridades e porque não dizer, diante da própria vida.
 É de fundamental importância que a sociedade esteja bem informada e as informações estão por demais acessíveis nos dias atuais, a internet é uma ferramenta valiosíssima que o nosso povo não usa e quando usa, destina a maior parte do tempo com conteúdos que pouco ou nada acrescentam. Existem informações para qualquer assunto que necessitemos pesquisar, é só querer e procurar, selecionar os artigos ou decisões e, no caso do direito, confrontar com a legislação vigente, que também pode ser encontrada na própria internet, além de outras fontes, a exemplo de livros, código civil, código de processo civil etc. O nosso povo não merece continuar passando por tantos desmandos, o Brasil precisa resgatar a dignidade das pessoas, não sendo possível que os poderes públicos continuem ausentes, patrocinando tanto sofrimento e para que isto aconteça, é necessário que o povo brasileiro busque as informações onde elas estão e não esperem que o Estado cumpra essa parte do seu papel.